• .@dilmabr denuncia o terrorismo eleitoral da revista Veja >> http://t.co/H9Sws6neaP #Dilma13MaisBrasil
  • Advogado de doleiro desconhece depoimento publicado por “Veja” >> http://t.co/f5iOgOR1R9
  • Artigo de Arnoldo de Campos: Um grito de alerta. Na verdade
  • .@gleisi destaca que execução de obras no PR é projeto integrado de crescimento do país >> http://t.co/nDKKktQjB8
  • .@dilmabr reitera compromisso com as mulheres >> http://t.co/fkuzPagsMS @agenciaPT13 @ptbrasil

NOTÍCIAS

09/05/2012 - 09h26 PNE: Votação do parecer deve ocorrer no dia 22, afirma Vanhoni
Liderança do PT na Câmara
 
O relator da comissão especial do Plano Nacional de Educação (PNE - PL 8035/10), deputado Ângelo Vanhoni (PT-PR), afirmou nesta terça-feira (8) que o parecer final dos trabalhos do colegiado deve ser votado no próximo dia 22 de maio. A declaração ocorreu durante a discussão do parecer do projeto no colegiado. Segundo ele, o  grande número de emendas apresentadas pelos membros da comissão ao texto, devem impedir a votação antes dessa data.
 
“Mais de 100 emendas foram apresentadas até agora ao parecer e, em respeito aos parlamentares que apresentaram as sugestões, pretendo analisar todas elas”, afirmou Vanhoni. O relator disse ainda que até o último instante antes da votação final poderá alterar o texto, incorporando as emendas apresentadas.
 
Em resposta às indagações sobre a possibilidade de aumento para 10% do PIB nos investimentos para a educação, nos próximos dez anos, o relator disse que dificilmente poderá ser adotada. “Reconheço a legitimidade de entidades e parlamentares que reivindicam mais recursos para o setor. Mas, estou convencido de que com os 7,5% de investimento direto do PIB ( ou 8% de investimento total) no decênio 2012-2021, será possível dar um grande salto de qualidade na educação pública brasileira”, destacou.
 
Atraso- Durante a reunião os deputados Arthur Bruno (PT-CE) e Fátima Bezerra (PT-RN) demonstraram preocupação com a demora na aprovação do PNE. “Precisamos votar o Plano porque essa é a expectativa da sociedade”, destacou o deputado. Segundo ele, a previsão de revisão das metas, de quatro em quatro anos, vai possibilitar o aperfeiçoamento contínuo do PNE.
 
Ao apresentar algumas reivindicações do Fórum Nacional da Educação sobre o PNE, a deputada Fátima Bezerra ressaltou que “a demora na votação do relatório coloca em risco a implementação do plano já para o início de 2013”. De acordo com a parlamentar, a pressa se justifica por conta das eleições municipais no segundo semestre, “que tradicionalmente paralisam por três meses as atividades do Congresso”.
 
 
 
Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciado sob CC-Attribution 3.0 Brazil.
Exceto especificado em contrário e conteúdos replicados.
Alameda Princesa Izabel, 160, São Francisco, Curitiba. Cep. 80410-110.
Telefone: (41) 2103-1313. E-mail: imprensa@pt-pr.org.br